Em Busca da Felicidade...

quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

Curiosidade


Não sei quanto a vocês, mas ontem conversando com uma amiga twiteira, @SdeSamira, percebi o quanto nós ficamos meio idiotas fazendo dieta (pelo menos eu!). Vocês já se flagraram falando com a comida? Não?! Comigo isso ocorre de vez em quando, como se ela fosse me responder! *rs A cena é a seguinte: Sabe aquele dia que dá uma vontade de comer aquele chocolate? Eu olho pra ele e digo: "Agora não posso te comer!" E aquele dia que dá uma vontade de degustar aquele bolo? A conversa é mais ou menos assim: “Hummm... Você tem muitas calorias, que pena!” Já que isso ocorre resolvi adotar apenas uma frase: “Sai tentação!” Bem rude e bem grosseira mesmo!!! Faça sempre que der vontade! Aliás, acredito que a sua comida não sairá por ai falando mal de você, mas com certeza você sairá muito mais aliviado dessa conversa! *rs Agora, nós devemos tomar bastante cuidado principalmente no supermercado ou no restaurante self-service... Você pode acabar no hospício e até explicar que todos os acontecimentos são estratégias básicas de guerra para emagrecer, você já estará presa na solitária!!! Mas pensando bem, na solitária não terão chocolates sarados e nem bolos gostosos desfilando pra você! =D *rs

Bjitosss

Amanda - Miss Pudim
(28/01/2010)

domingo, 24 de janeiro de 2010

Análises e Conclusões

Como boa virginiana estive analisando todas as situações em como fazer minha reeducação alimentar sem ter que parar no meio do caminho. Vou relatar minhas conclusões e análises do que todos, sites e profissionais, relatam de dicas para obter uma alimentação saudável...

1) É comum começar a dieta na segunda-feira. Sobre esse assunto resolvi radicalizar! Irei começar no SÁBADO! Isso mesmo... O motivo é simples. Eu gosto muito do esquema antigo do Vigilante do Peso, ou seja, semanalmente ocorre sua pesagem. Logo, penso assim: Vou me pesar na sexta e caso tenha emagrecido ficarei feliz e mais motivada para sustentar a dieta durante o final de semana. Caso tenha alguma festa, saio um pouquinho da dieta e tenho ainda a semana inteira para recuperar. Porém, dicas para festas é assunto para outro post...

2) Essa história de comer de 3 em 3 horas é muito bonita mas pra quem tem uma vida corrida e agitada com trabalho, faculdade, estudos, sabe que isso não dá certo, não é? Pois bem, faremos o seguinte para amenizar a situação. Sem chance de comer frutas ou iogurte nos intervalos da refeição? Beba bastante água nesse intervalo e quando for almoçar ou jantar não faça aquele ‘pratão’ de feijão e arroz. Seja chique! Faça uma entrada: Saladas! Faça um bom prato com legumes e verduras. Muita salada! No final você vai ter a sensação que comeu muito e na hora de comer sua proteína e carboidrato não vai abusar na cota diária. Mas tente permanecer com o lanche da tarde, pelo menos!

3) Não faça uma dieta super restrita, até porque isso no seu cotidiano não existe. Quer comer um chocolate, coma! Biscoito, coma! Porém, não vamos abusar. Biscoito recheado é uma praga, delicioso e engorda que é uma beleza! Tente não comer, mas se tiver com muita vontade coma um só. E tente ficar o resto da semana sem comer algo mais que esteja fora do seu cardápio. Chocolate, tente trocar pelo meio amargo e somente 30 g. Analise as calorias na embalagem e contabilize com as do seu dia. Porém, todo dia não dá! *rs

4) A pergunta mais irritante e frequente é: “Você está de dieta?” Galera, faça o seguinte: Nunca diga que está fazendo dieta mas simplesmente responda a pergunta com um NÃO. E complemente dizendo que não está com vontade ou não quer, mesmo que sua boca esteja salivando e achar que vai morrer se não comer. Mantenha a postura! Pois se você responder sim, todos vão falar que é só hoje e você vai acabar caindo em tentação.

5) Não fique arrasada caso tenha perdido somente algumas gramas. Isso acontece principalmente algumas semanas após o início da sua reeducação. Mas amigos, pensem o seguinte: O importante é perder e não, ganhar. Ah! Mas caso ganhe algumas gramas naquela semana também não pensem em se suicidar. Faça um balanço de tudo que você comeu e veja o que pode ter acontecido. Corrija os erros pra próxima semana. E mulheres, se estiverem no período menstrual é normal “ganharem” uns quilinhos a mais.

6) Pensaram que não iria falar da atividade física, não é? Eu também gostaria de não falar... hehehe Mas gente, é importante sim! Mas vou dar um conselho super valioso. Faça aquilo que você gosta de fazer. Correr, caminhar, malhar, dançar, nadar... Não importa! Simplesmente, MEXA-SE!!! Digo isso porque sempre fui (ou melhor, não ia!) pra academia fazer musculação e ginástica mas não gosto e nunca gostei. Amo dançar e decidi voltar pra dança esse ano. Em fevereiro farei sapateado. Fora isso vou tentar fazer algo diferente, natação. Assim, não vou ficar mal humorada ao ir pra academia e nem vou me sabotar pois realmente estarei saindo de casa pra fazer algo que realmente gosto.



Galera, o mais importante disso tudo é que você busque uma orientação profissional. Vá ao médico verificar como anda sua saúde e se você está apto a realizar atividades físicas e uma dieta. Procure nutricionista ou um grupo como Vigilantes do Peso para obter uma assessoria. E converse com um profissional de educação física para saber quais os melhores exercícios para você. Ah! E podem perguntar a mim. Posso tentar ajudar na medida do possível. Apoio moral principalmente. Mas tecnicamente também posso ajudar, sempre com respaldo clínico.


Vou ficando por aqui... Semana que vem farei matrícula na academia de dança e na natação. Começarei minhas atividades físicas na primeira semana de fevereiro. Também essa semana vou começar a analisar sobre quantas calorias devo ingerir por dia (tenho várias dietas guardadas) e mesclar com as do Vigilantes do Peso (programa antigo pois me adapto melhor). O início dessa programação toda está marcada para 30 de janeiro. Mas você não pense que estou de “bob”! Já estou me alimentando melhor e sem besteiras. Só realmente ainda não consegui me organizar. Ah! Esqueci de contar... Me pesei dia 22/01, até que não levei um susto pois já esperava. Ainda bem que não foi pior! *rs Mas isso é assunto pra depois...



Bjitosss



Amanda - Miss Pudim

(24/01/2010)

quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

Tudo na vida tem um começo...

Oieee...
Eu sempre relutei em fazer um blog a respeito de emagrecimento (ainda mais o meu! *rs) pois sempre tive medo de fracassar. Porém, o que é fracasso? Será que o fracasso se refere apenas a não perder peso? Não é isso! Fracassar na vida é não tentar! Falando especificamente para os gordinhos, não é muito fácil se "abrir" para o mundo. Ir a praia, viajar, simplesmente sair de casa, tudo se torna um problema por causa do PRECONCEITO. O pior é que muitas vezes o preconceito vem de muito perto, de nós mesmos. Mas e aí? Viveremos assim? Trancafiados em nossas próprias casas, enganando a nós mesmos dizendo que está tudo bem e que você simplesmente não gosta disso ou daquilo (isso pra não dizer que tem vergonha)? Não! Vamos mudar esse pensamento. Vamos viver! A vida é agora, a felicidade não espera, aliás, quando menos esperamos a nossa vida passa e ficamos presos ao problema maior de todos gordinhos: O preconceito com a nossa obesidade. Hoje, existem várias formas de reverter ou pelo menos tentar reverter esse quadro. Dietas, tratamentos estéticos, cirurgias, programas de exercícios físicos, enfim... E não precisa ter dinheiro, basta querer! Eu estou ainda no estágio primário. Ainda com vergonha de dizer o quanto estou pesando (até porque ainda não tive coragem de me pesar), e tudo mais. Mas acredito que este blog vai ser mais uma ferramenta que me ajudará a combater meu próprio preconceito e a ter uma vida mais saudável. Porque o mais importante disso tudo não é somente ficar magro, mas sim ganhar qualidade de vida e ter saúde, respeitando meu estilo e meu peso ideal.
Pessoal, é isso... Espero que gostem, que dêem palpites e que me ajudem...
Minha batalha começa AGORA! Vai ser longa, mas vou conseguir!



Ah! Esqueci de uma explicação... Por que "Miss Pudim"? Bem, meu marido me chama de "Pudim" e ele é um dos maiores incentivadores que tenho para que eu consiga obter esse sucesso. Como ele diz, não é ser magro mas sim ter saúde! Logo, isso também é uma forma de homenageá-lo, ainda mais se eu obtiver sucesso! Mas por que será que ele me chama de pudim? Estive pensando: talvez porque o pudim é redondinho, tem buraquinhos mas é docinho e bem gostosinho... *rs


Bjitossss


Amanda - Miss Pudim